A música ambiente como agente transformador da atmosfera e humor dos seus clientes

Como você se sente em uma loja onde tudo o que você ouve são ruídos, sejam de outras pessoas falando ou até mesmo do ar-condicionado barulhento?

É provável que você como cliente não se sinta tão confortável, além de não conseguir captar qualquer identificação com a marca, sem sequer perceber o motivo por isso.

O modo como “enxergamos” uma marca, através da sua experiência multissensorial, pode afetar completamente nosso humor e comportamento de consumo. Em se tratando de música ambiente, este recurso pode transformar a atmosfera e gerar identidade para a marca, fortalecendo subconscientemente os laços entre ela e seu cliente.

A música, quando bem escolhida, não apenas preenche um ambiente e disfarça os ruídos desagradáveis, mas também conquista o imaginário do cliente e melhora o humor dele em até 65% através das emoções por ela geradas. E isso pode ser altamente benéfico para qualquer marca de qualquer segmento, seja uma loja de roupas, uma concessionária de veículos ou até mesmo um salão de beleza.

A escolha dos gêneros musicais é capaz de criar universos completamente diferentes dentro de um estabelecimento comercial. Esses “universos” são percebidos pelo consumidor de maneira subliminar e inconsciente, diferente das crianças que usam a criatividade para criar esses universos de maneira voluntária e por pura diversão.

Segundo Bruno Brookes, consultor e CEO de uma das mais importantes empresas britânicas de Music Branding, “a música afeta humor, emoções e níveis de energia e é a maneira mais eficaz de conquistar a atenção e imaginação das pessoas”. É fundamental salientar que há milhões de possibilidades ao criar uma programação musical para uma marca e dezenas de critérios precisam ser devidamente analisados para atingir os objetivos de forma eficaz.

Quando integramos em um estudo todas as variáveis necessárias para atingir tais objetivos definidos para uma marca, consegue-se transformar a atmosfera de um ambiente em todas as dimensões e isso faz com que os clientes sintam a harmonia entre música e marca, sintam-se mais à vontade e, por incrível que pareça, tenham mais confiança no produto. Além disso, muitos outros objetivos podem ser atingidos com a música ambiente.

O mais importante disso tudo é entender o poder em transformar, através do Marketing Sensorial, toda a atmosfera de um ambiente e criar uma identificação maior do cliente para com o produto e sua marca, de maneira totalmente subliminar. Como consequência, a partir de bases científicas de estudo, aumenta-se substancialmente a propensão ao consumo e taxa de retorno do cliente, ou seja, maior fidelização.